Que parte é que os professores universitários ainda não perceberam…

quando dão aulas a pessoas adultas que vão fazer cursos de Verão (com muita maturidade, alguns bem mais velhos que eles,  que sabem bem o que querem, com formações inter-disciplinares deslumbrantes, que são pessoas muito interessantes) para continuarem na postura arrogante do costume de que eles é que sabem??

Que parte é que ainda não perceberam “excelências”??

É que se os alunos não gostarem, se não se sentirem ouvidos, se não sentirem abertura de espírito para discutirem livremente, se sentirem que estão a perder o seu tempo precioso e o seu dinheiro, não voltam nunca mais. Nunca mais é nunca mais e também significa que não vão disseminar nada de bom sobre as ditas aulas. É uma questão de marketing oh “génios”!

Quem é que perde? Não é a faculdade. Que se lixe a faculdade. Quem perde são os professores a médio-longo prazo!

P.S. Ainda te dou oportunidade para te redimires hoje
e para me ensinares aquilo a que te propuseste!

Anúncios

One thought on “Que parte é que os professores universitários ainda não perceberam…

  1. Concordo plenamente contigo! Assumo que te referes a aulas ai em Portugal; se e’ esse o caso, acho a base desse tipo de comportamento pela parte das ‘excelencias doutorais’ tem muito a ver com a tradicional atitude portugesa de que ‘quem tem curso ‘e rei’ e, se entramos no “elevadissimo” reino do mestrado e doutoramento, entao estamos mesmo a falar de um universo totalmente ‘a parte!

    O cenario ridiculo, ai em Portugal, de que toda a malta que acaba uma licenciatura ou bacharelato se sente na imediata possessao de um Dr/a antes do nome e’ de bradar aos ceus!

    Durante estes anos que aqui tenho estado, e apesar deste clima desgracado, uma coisa pelo menos tenho sempre achado fenomenal: a grande maioria dos professores universitarios aqui nao tem essa ‘caganca’; conheci apenas uma excepcao ate’ agora, mas mais relacionada com o mau feitio do personagem; consequencia: nem os outros academicos o aturam.

    A primeira coisa que aprendemos, seja na primeira aula de mestrado ou de cursos de verao, ou nocturnos, e’ que os senhores professores doutores tem um nome, o nome com que foram batizados, registados, o que for; nao ha’ ca’ Professor isto nem doutor aquilo; e’ John, ou Paul, ou Alice! Porque os alunos, tal como referes, por vezes vem de areas completamente diferentes isso e’ ate’ visto como uma mais-valia. Como sabes, fiz por ca’ um mestrado e tenho feito varios outros mini-cursos. Adorei todos pela forma como as coisas sao organisadas, pelas atitudes e ambientes gerados em consequencia.

    A unica solucao que vejo para terminar de vez com esse tipo de arrogancia ai, passa pela total restruturacao de mentalidades; porque foi isso que aconteceu aqui, num certo sentido.

    Beijokas e espero que consigas pelo menos aprender algo de interessante! senao, o meu conselho e’ que pecas o teu dinheirinho de volta! ;)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s