Do Fair Play – A elegância é uma atitude

Sempre gostei de jogar às raquetes. Sempre. Não sei de onde me vem este gosto que ninguém me exemplificou. A Steffi Graf é a minha desportista de eleição. Ela foi a melhor das melhores nos meus tempos de miúda. Ela é uma das melhores tenistas de sempre.

A marca que me fica do Ténis é a quase ausência de agressividade, a elegância dos jogadores, o Fair Play constante durante os jogos e depois deles. Os rufias sempre ficaram para a história por se destacarem (negativamente)…

Esta criaturinha menor, que é um poço de agressividade, devia levar uma liçãozinha de Fair Play. Mas seria uma difícil tarefa. As noções de amizade e de respeito pelo outro são algo que tem de começar a ser interiorizado quando somos muito jovens.

Quem atira a bola, não uma mas duas vezes, à cara de um adversário sem experiência nenhuma e que vai ali para se divertir e livrar-se de umas energias negativas – e ela teve mais que tempo para observar o adversário -, não merece respeito e e devia ser punida.

Os grandes não se metem com os minúsculos e ainda têm o dever de os proteger de lesões.

Merecia a pena a dita cuja levar com um discursozinho. É que os grandes campeões só o são se tiverem respeito pelos adversários e o seu contexto. E ela não o é de todo, ao contrário da sua parceira que tem sempre a preocupação de dar o exemplo.

Tal como diz o anúncio que agora passa uma vez e outra e outra nos canais desportivos nos intervalos dos US Open Series:

“Elegance is an attitude”

P.S. A Stefi é um charme não é?
;-)
Anúncios

2 thoughts on “Do Fair Play – A elegância é uma atitude

  1. Apesar de gostar de praticar quase todos os desportos confesso que o ténis e a natação são os eleitos, os desportos sin qua non na minha vida. Depois destes venha o basket, ping pong, futebol, ginásio, volei, andebol…

  2. Podia estar horas e horas a falar sobre espírito desportivo, mas no fundo, resume-se ao saber estar e ao respeito pelos outros, no entanto se tais valores não se encontram incutidos na vida, na sociedade, obviamente também não verificam no desporto.
    É uma batalha constante, ensinar o respeito pelos colegas e adversários, bem como o espírito de equipa são conceitos mais difíceis de incutir nos alunos do que qualquer aprendizagem de técnicas e tácticas.
    Quando tal se consegue passar aos alunos, é uma alegria ver alguns, poucos, a levarem esses valores para o dia a dia, para a convivência social com os seus pares, é aí que surge a tal elegância de que falas (é o orgulho maior de um educador – pelo menos para mim é).
    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s