Das coisas da sexualidade

destaco o mais relevante do meu ponto de vista, no meu contexto, das palavras de Gabriela Moita, sexóloga, na sessão “Sexualidade: tudo o que querias saber mas não ousavas perguntar” na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto:

“não façam esforço nenhum para serem o que não são. Assim, as coisas correm melhor”


e já agora das palavras de Manuel Esteves:

“sejam sempre responsáveis e acrescentem afecto que fica muito melhor”


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s