Resposta àquela crónica homofóbica do director do Sol

O director do jornal Sol, José António Saraiva, é uma avestruz humana.

Em vez de sair para sempre do seu próprio armário esconde-se atrás das aberrações homofóbicas que escreve na revista Tabu – local de nome adequadissimo a criaturas que escondem a cabeça debaixo do chão.

O Bruno Nogueira respondeu-lhe n’O Tubo de Ensaio através do humor.

Sim, “Paz à sua alma”…

A LER o Post da A.G. no Margens

2 thoughts on “Resposta àquela crónica homofóbica do director do Sol

  1. Bem! Já respondi no “Margens”, mas não podia deixar de vir aqui, directamente, agradecer o reconhecimento. Por isso, cá vai: MUITO OBRIGADA :)

    P.S.: E sim, coitadinhas das avestruzes. ;)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s