O [meu] mundo abrandou

 

Uma estranha sensação de que o mundo abrandou apoderou-se de mim. Fico silenciosamente a observar a Vida passar – a minha, a dos outros, a do tecto e das paredes, do céu – por entre a ilusão de urgência que habita em nós e se instala como se instalam as pragas.

Deve ser o meu mais intimo desejo de abrandar o tempo e Respirar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s