Falta um Mandamento dos Abraços

 

Não sei como não reparei…

Falta um importante e fundamental Mandamento dos Abraços:

Para fazeres os teus lutos permitirás zangar-te, sobretudo contigo e com a Vida.

Pode ficar imediatamente antes de:

“Chorarás o que precisares e Ficarás triste o tempo que for preciso”.

E nunca depois de:

“Procurarás sempre o riso tolo e não premeditado e cultivarás a parvoíce para polir as arestas da vida”.

 

P.S. Estou de luto.
Deixem-me estar!
Não se preocupem:
volto já já,
muito mais rápido do que imaginamos…
e com sorrisos!

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s