Oiço-lhes os sorrisos

Depois de grandes momentos recheados de ruídos difíceis de digerir,
é tão bom ouvir este Silêncio.

Este silêncio que só sabe tão bem,
porque lhes oiço os sorrisos ruidosos… por aí.

Está sol e apetecia-me ir para Belém de comboio,
sentar-me na relva do jardim das oliveiras,
tocar saxofone,
ouvir Lisboa lá longe
e regressar a ver o mar.

 

P.S. A coisa é que não sei tocar saxofone…
mas talvez isso mude.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s