à Lareira

Gosto de pessoas que habitam à lareira e que sorriem.
Sinto saudades quando estás longe e tu estás sempre longe.
Estás cada vez mais longe.
Gosto-te do sorriso genuino e da generosidade.
Tenho saudades tuas e de um tempo nosso que nunca existiu.

Da próxima vez talvez te Abrace.

Não me deixes partir…

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s